1/18
Últimas Notícias

Adaptação da Reserva da Biosfera do Paul do Boquilobo entregue na UNESCO

 

No passado dia 21/09 no MNE em Lisboa entregue por parte dos Orgãos da Reserva da Biosfera do Paul do boquilobo o dossier de candidatura à adaptação da actual Reserva Natural.

Projecto Restolho - Um projecto diferente

 

A AGROMAIS, a AGROTEJO, a Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome (FPBACF) e a ENTRAJUDA juntaram-se no projeto “RESTOLHO -  uma Segunda Colheita para que nada se perca”.

Desde 1981 que a Reserva Natural do Paul do Boquilobo é considerada pela UNESCO como Reserva da Biosfera.

Esta foi a primeira área portuguesa a integrar a Rede Mundial de Reservas da Biosfera, sendo reconhecida como uma amostra representativa de um ecossistema terrestre onde se procuram formas de conciliar a conservação da biodiversidade e o desenvolvimento  sustentável.

 

Em 1996, foi também considerada uma Zona Húmida de Importância Internacional ao abrigo da Convenção de Ramsar. Desde 1999, devido à sua importância para a avifauna, está também classificada como uma Zona de Proteção Especial de acordo com a Diretiva n.º 2009/147/CE.

A figura de Reserva da Biosfera contribui em simultâneo para a conservação dos valores naturais, favorecendo a conservação da paisagem, dos ecossistemas e das espécies, fomentando o equilíbrio entre a natureza e o desenvolvimento social, cultural,  e económico, promovendo o desenvolvimento sustentável.

 

As valias agro-rurais dos territórios são ativos importantes que não poderão ser relegadas para planos secundários. As oportunidades de desenvolvimento destes territórios sempre se centraram maioritariamente nas suas potencialidades agroflorestais. Mas num período de instabilidade económica e financeira, em que a globalização dos mercados agrícolas se tem traduzido numa diminuição dos preços na produção, e em simultâneo em especulação das “commodities” não é fácil perspectivar o futuro dos territórios e das populações rurais. Existem porém outras valias, que o complexo agro-rural detém, e que a sociedade em particular a urbana, reconhece e valoriza.

 

A coesão territorial, a valia paisagística, a diversificação de atividades em meio rural e a biodiversidade, são valores determinantes, direta ou indiretamente geradoras de novas valias económicas.

 

A estratégia de desenvolvimento da RBPB incorpora todos estes factores.

Queremos manter e melhorar o potencial de conservação e aliá-lo a um desenvolvimento sustentável que tenha em conta as pessoas e actividades económicas.

Descubra a Reserva da Biosfera do Paul do Boquilobo e todo o seu património através dos circuitos, rotas e caminhos existentes.

Temos à sua disposição visitas guiadas ao coração da Reserva onde pode observar toda a natureza e biodiversidade exientente.

Newsletter

Quer receber notícias sobre a Reserva da Biosfera e todas as suas notícias, novidades e eventos? 

 

Subscreva então a nossa Newsletter!

Por favor, insira um email válido

Parabéns! Subscrição OK

Venha Visitar-nos!